Circo: arte em movimento!

Postado em 26/01/2017


Circo: arte em movimento!

Circo é alegria, poesia em movimento, ilusão, equilíbrio, foco,  uma surpresa suspensa, uma gargalhada geral. Todos nós deveríamos ter a oportunidade de colocar um nariz de palhaço e rirmos de nós mesmos e voar alto na nossa imaginação. Dar uma cambalhota e ver o mundo de pernas para o ar, lançar para o alto uma bola e depois outra e mais outra. Fazer tudo isso e muito mais é relembramos que todos nós podemos exercitar a nossa espontaneidade, o nosso foco,  a nossa coordenação psicomotora; cada um com as suas capacidades.  

Sobre a professora:

ANA PIU (Lisboa 1973) : Atriz de  sala e rua, palhaça e pesquisadora desde 1991. Da sua formação destaca-se a  sua passagem a École international du Theatre Jacaques Lecoq em 1996 como bolsista da Fundação Calouste  Gulbenkian/ Portugal  e participante dos seminários do Odin Teatret/ Dinamarca, Lume Teatro/ Brasil, Jango Edwards e Adelvane Neia. Graduada em Antropologia pelo ISCTE/ Universidade de Lisboa em 2010 e 2016 mestra em Antropologia Social pelo IFCH/UNICAMP com a pesquisa " Na eternidade cabe lá todo o mundo: visita de palhaços a instituições de Longa Permanência" . Como palhaça hospitalar fez parte do Operação Nariz Vermelho/ Portugal, entre 2003 e 2011, onde teve oportunidade de trabalhar com Andre Riot Sarcey, Amy Hattab, Pepa Meco Diaz, Angela de Castro, Segio Claramunt  Tem atuado em festivais de teatro de rua e comicidade na Argentina, Brasil, Itália, França, Alemanha, Holanda e Portugal. Fundadora e coordenadora do projeto "Ilustres Honrarias: visita de artistas a instituições de longa permanência de Idosos". Apresenta espetáculos de sua autoria misturando formas animadas e  teatro do gesto no seu projeto Teatro Balbinas Beduínas. Orienta formação com foco na comicidade física e dramaturgia. 

Entre em contato conosco e consulte nossos horários!!!  

(19)98120-9039

raquel@inclusione.com.br

www.inclusione.com.br

Deixe seu comentário
Categorias: Arte e Cultura;

Tags: diversão,Arte,Inclusão,inclusione,crianças,vínculo,arte e cultura,circo,arte terapia,inclusão social,inclusione campinas


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!
0 comentários